Uncategorized

2012

E ao 12º dia do 12º ano do século, o homem voltou a escrever.

Não andei a dormir, mas a refletir imenso, e pela primeira vez vou dizer aqui o que pretendo fazer este ano, para me ser atirado à cara, se não cumprir.

O “refletir” sem o “c” do cão é intencional, vou fazer um esforço para adotar o acordo ortográfico. Porque ele está aí para ficar, porque não vale a pena ser casmurro, porque a grafia na qual ele se baseia contribui imenso para disseminar a bela língua portuguesa, e porque não quero parecer um dinossauro do Restelo perante os meus filhos, daqui a uns anos.

Semana que vem vou fazer o exame IELTS, que já estava planeado há bastante tempo. Mais ou menos porque sim, porque quero, mas também porque pode vir a ser muito útil tê-lo. Depois disso falarei sobre a preparação, sobre a estrutura e sobre o meu fracasso ou sucesso.

Até ao fim do ano pretendo fazer uma grande viagem, uma que cruze pelo menos um oceano. Porque navegar é preciso, viver não é preciso.

Pretendo escrever mais, e pretendo deixar de ser maricas e publicar mais. Porque é das coisas que mais me dá prazer.

E porque já estava farto do anterior tema gráfico do blog, e os seus autores já não davam suporte há algum tempo, mudei para este, mais clean, com maior enfâse no conteúdo, e abandonado recentemente por um blog defunto.

Um bom ano aos que me lêem, aos que não me lêem, e aos que nem ler sabem.

Standard

3 thoughts on “2012

  1. tuco says:

    Ahhh objectivos de ano novo, aquela fabula tao bonita em que todos acreditam. Vais pertencer ao 1% da populacao que os cumpre? 🙂

  2. Pingback: 2013 » Y.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.