Paternidade

11 Meses

O pai tarda mas não falha!

Do alto dos seus onze meses, pretere ultimamente os brinquedos a favor de papéis, de garrafas, de cebolas e batatas!

Manifesta de diferentes formas alegria, satisfação, desgosto e indignação, todas elas impressionantes.

Chama cada vez mais a mamamamã, volta e meia diz “bebé”, ri-se muito a dizer “olá” a quem passa.

Fica fascinada com a transformação que o pai sofre a ver o Sporting.

Continua a adorar comer (tudo o que vê!), mas agora descobriu que também tem piada partilhar.

Leva-nos a aguentar maratonas intermináveis de Galinha Pintadinha e do Galo Carijó

Dança e dança e dança, e o pai adora dançar com e para ela.

Dá vez mais trabalho ser pai. Dá cada vez mais prazer ser pai.

Standard

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.