Desportadas

Mini-Maratona

As minhas pernas não me deixam mentir: foi ontem que pela primeira vez corri na mini-maratona da ponte 25 de Abril. E espero que venha a ser uma experiência a repetir, pois adorei, tudo. Gosto muito de correr aqui no paredão da Costa, mas em meio àquele povo todo (e ao ver de vez em quando os brutos da meia-maratona passarem que nem flechas ao lado), com aquele caminho e um objectivo definido, dá outro feeling. By the way, fiz o percurso em 42 minutos, e o meu parceiro Francis Valentim em 38.

Este ano demorei a carburar, mas neste momento sinto-me no topo da minha forma física e mental. Espero vir a capitalizar isso em breve.

Aviso desde já que quem não gosta de lamechices pode parar no parágrafo anterior, mas não posso deixar de dizer que para esse momento muito contribui ter a meu lado uma grande mulher, a mulher que amo, e noto isso em cada pequeno detalhe. Assim que entrei na Avenida de Brasília, e já completamente à rasca e em esforço depois de andar a jardar na ponte, o que me motivou a continuar a correr não foi pensar que faltava pouco para a meta, foi pensar na Irina e tentar imaginá-la lá à frente.

Fica pra amar.

Standard

4 thoughts on “Mini-Maratona

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.