Sem categoria

Hiato

Ok, estou vivo.

Muita gente acha estranho eu não ter escrito absolutamente nada nos últimos tempos, com este turbilhão de acontecimentos e de emoções a girar à minha volta. Eu também.

Nesta viagem não houve o clássico relato diário de viagem, e nem sequer levei computador: senti necessidade de desintoxicação tecnológica, e soube-me muito, muito bem. Por agora penso que vou me manter assim.

Não há nada de preocupante, estou em topo de forma, tenho visto filmes, lido livros e tudo tem corrido bem mas, se o presente é radiante, o futuro é incerto, e é nele que vou me focar nos próximos tempos.

Fica… vocês sabem.Ok, estou vivo.

Muita gente acha estranho eu não ter escrito absolutamente nada nos últimos tempos, com este turbilhão de acontecimentos e de emoções a girar à minha volta. Eu também.

Nesta viagem não houve o clássico relato diário de viagem, e nem sequer levei computador: senti necessidade de desintoxicação tecnológica, e soube-me muito, muito bem. Por agora penso que vou me manter assim.

Não há nada de preocupante, estou em topo de forma, tenho visto filmes, lido livros e tudo tem corrido bem mas, se o presente é radiante, o futuro é incerto, e é nele que vou me focar nos próximos tempos.

Fica… vocês sabem.

Standard

2 thoughts on “Hiato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.